Ana Laíns



Página Oficial


“Quatro Caminhos”


myspace.com/analains

 

Apelidada por muitos como uma das maiores intérpretes da música portuguesa dos últimos anos, Ana Laíns canta pela primeira vez em público aos 6 anos. Desde cedo a artista nascida em Tomar descobre o seu talento inato para a música e aos 15 anos canta o seu primeiro fado.

Após ter vencido a Grande Noite do Fado de Lisboa em 1999, decide levar a sério a sua carreira musical e apresenta-se nos Estados Unidos, Alemanha, França, Bélgica e Luxemburgo. No ano 2000 surgem os seus primeiros registos em estúdio participando em algumas compilações.

Apesar de ter assinado o seu primeiro contrato discográfico em 2003, só sentiu maturidade para gravar o seu disco de estreia no final de 2005, contando com a ajuda de Diogo Clemente na direcção musical e produção.

Em Abril de 2006 chega por fim ao mercado o seu primeiro álbum “Sentidos” onde Ana Laíns interpreta alguns dos seus poemas de eleição de Florbela Espanca, Lídia Oliveira, António Ramos Rosa entre outros e conta com um naipe de músicos de excepção.

A tournée de “Sentidos” passa por Espanha, Bélgica, Holanda, Rússia ou Grécia onde foi considerada “A diva de um fado diferente”, a crítica internacional teceu rasgados elogios ao seu trabalho.

Em Portugal foi considerada uma grande revelação por dar uma nova cor ao fado e à música portuguesa.

No verão de 2009 surge o convite de Boy George para gravar em dueto “Amazing Grace” incluído no seu mais recente trabalho.

Em Fevereiro de 2010, no ano em que Ana Laíns comemora 10 anos de carreira, lança o seu novo álbum “Quatro Caminhos” que conta novamente com a cumplicidade de Diogo Clemente na produção e direcção musical.

No final de 2011 vê o seu trabalho consagrado pela imprensa Holandesa, que fala de “Quatro Caminhos”, como sendo um dos 10 melhores discos do ano na área do Jazz e World music.