Filipa Cardoso



Página Oficial

Cresceu no bairro típico de Lisboa “Alto do Pina”, recordando dos seus tempo de criança vozes como a de Fernando Maurício e os sons da guitarra portuguesa.

Aos 10 anos, cantou em público pela primeira vez num casamento. O dono do restaurante propõe-lhe que cante noutros casamentos e oferece-lhe o primeiro cachet que Filipa recusa, aceitando no entanto o desafio de cantar.

Mais tarde, na festa de aniversário da neta de Raul Silva, Filipa, já com 15 anos, é ouvida em Alfama: na casa típica “Taverna do Embuçado”, onde passou a ser presença diária, e na “Taverna d´el Rey”.

Em 2004, aos 25 anos e depois de ser mãe, acredita que “sem cantar fado a sua vida não fazia sentido” e concorre à Grande Noite do Fado, em Lisboa. Venceu nesta noite, que decorreu no Teatro São Luiz e passou a ser presença notada em casas de fado de referência do país como Arcadas do Faia, Café Luso, Marquês da Sé ou Clube de Fado, tendo ficado como fadista no elenco privativo do Sr. Vinho, da fadista Maria da Fé.

Segue-se também o Teatro de Revista.

Em 2005 deve-se assinalar o lançamento, numa edição de autor, do seu primeiro CD, “Fragmento do Fado”. Em 2007, participou no Festival RTP da Canção, num dueto com Edmundo Vieira. A canção “Desta Vez” ficou em 6º lugar.

Em 2009, lança o seu segundo álbum “Cumprir Seu Fado”, com a participação de Argentina Santos no tema “Fado da Herança”.