José Gonçalez

  
 

Nasceu em Estremoz, e é uma das revelações, da nova geração fadista. Desde muito novo que revelou aptidão para a música e para o mundo das artes.

Autor, compositor aos 18 anos grava na Valentim de Carvalho o seu primeiro disco, ainda em vinil, “Fado Lusitano”.

Em 1996 grava o seu primeiro CD em Mogofores em casa de José Cid, com produção de José Cid e António Pinto Basto, “Voz do Meu País”.

No ano seguinte grava com produção de Paco Bandeira e participação especial de Rão Kyao, o CD “Natal em Família” em dueto com António Pinto Basto.

Em 2003, decide juntar um grupo de amigos e edita “Entre Amigos”, com D. Vicente da Câmara, Rodrigo, José Cid, Rodrigo Costa Félix, António Pinto Basto, Margarida Bessa, Dulce Guimarães e Grupo de Cantares de Portel.

No ano de 2004 Grava ao vivo, em Estremoz, “Fadistolatria”. É incluído na colectânea “Fado Capital 5”, ao lado de nomes como, Maria da Fé, Alfredo Marceneiro, Camané, Katia Guerreiro, entre muitos outros. “Fado em Sextilhas”, datado de Setembro de 2006.

Em 2008 dá-se o encontro musical com Frei Hermano da Câmara. Saem para a estrada juntos com o espectáculo ”Jesus Cristo Anda Na Rua”.

Com espectáculos realizados um pouco por todo o país e no estrangeiro. Novo disco em 2010 com o lançamento de “Viagem P´lo Fado”.

Deixa, em 2011 o Alentejo e muda-se de armas e bagagens para Lisboa.

Locutor da Rádio Amália, e responsável do Grande Prémio Nacional do Fado da RTP.

Em 2012 marca o decisivo encontro com Jorge Fernando, com quem passa a partilhar muitas noites de musica, e conversa, surgindo naturalmente este ultimo como produtor geral do mais recente CD do artista, “Dia 13”.