Luís Matos



“Daqui a dois Dias”

Nasceu em Lisboa e é a expressão de uma nova geração do Fado. Alfacinha de gema, desde muito novo começou a tomar o gosto pelo canto e o Fado piscou-lhe o olho.

Aos 12 já cantava em diversas casas de Fado de Lisboa, tais como “Adega Machado”, “Adega Mesquita”, “Tímpanos”, “Luso”, “Severa” na companhia e amizade de Fernando Maurício.

Em 1989, venceu a Grande Noite do Fado na categoria de juvenis.

Em 1990, afasta-se do fado, para se dedicar apenas aos estudos. Regressou 14 anos depois, numa mera brincadeira entre amigos e certo é que em 2005, volta a concorrer à Grande noite do Fado no Teatro São Luís, e volta a ganhar, mas na categoria de seniores.

Tem actuado em grandes palcos de Norte a Sul do país bem como pela Europa.

Da sua carreira faz também parte a sua prestação num musical, em que recordava dois consagrados fadistas, (Amália Rodrigues e Fernando Maurício).

Fez parte do elenco do restaurante “Os Ferreiras”, assim como do “Solar do Tomás” actuando ainda em algumas das casas de fado mais conhecidas como “Marquês da Sé”.

Luís Matos é hoje um dos cantores residentes da casa de fado “A Tipóia” e da “Adega Mesquita”.

Fadista de profissão, ou “… de corpo e alma” como ele mais gosta de ser referido, começa a tirar frutos do seu esforço com a gravação do seu segundo trabalho “Espelho da Alma”, que traduz o amor que sente mas que seria impossível de exprimir apenas por palavras.