Ricardo Ribeiro



Página Oficial



“Entrega”



ricardoribeiro.org

 

Nasceu em Lisboa, estreou-se em público aos 12 anos na Académica da Ajuda. Aos 15 já fazia parte do elenco do restaurante “Os Ferreiras” em Lisboa, partilhando o palco com Fernando Maurício e Adelino dos Santos. As suas principais referências são Fernando Maurício, Manuel Fernandes e Alfredo Marceneiro.

Em 2001, a convite do Ministério da Cultura Francês participou no festival em ALU na Casa de Maria Casares (Sul de França) e participou no disco de tributo a Amália Rodrigues pela editora World Connection.

Lançou em 2004 o disco homónimo e em 2005, a convite do encenador Ricardo Pais participa em “Cabelo Branco é Saudade” no Teatro Nacional de São João, espectáculo apresentado em algumas das mais importantes salas da Europa: Cité de la Music (Paris), Teatro de la Abadia (Madrid) Opera de Frankfurt, Teatro Mercandante (Nápoles) ou Casa da Música (Porto).

No cinema participa em “Fados” do realizador Carlos Saura e colabora com João Gil, Rão Kyao ou Pedro Jóia. Trabalha ainda com Rabih Khalil que desperta a atenção da crítica internacional, tendo a interpretação de Ricardo Ribeiro sido alvo dos melhores elogios.

“Em Português” foi eleito um dos dez melhores álbuns “Top of the World” da revista britânica “Songlines”. Participa no filme “Rio Turvo” de Edgar Pêra ao lado de Teresa Salgueiro e Nuno Melo, “Filme do Desassossego” de João Botelho, interpretando dois temas nestes dois filmes.

Participa no último disco de Rui Veloso “Rui Veloso e Amigos” e no trabalho de Simone de Oliveira “Pedaços de Mim”. “Porta do coração”, editado em 2010 entrou directamente para o 5º lugar do top nacional de vendas. Ricardo Ribeiro conta já com diversos prémios na sua carreira: segundo lugar na Grande Noite do Fado de Lisboa em 1996 e repete em 97 e 98 chegando ao primeiro lugar deste evento.

Em 2005 recebe o Prémio Revelação Masculina da Fundação Amália Rodrigues e em 2006, o Prémio Revelação da Casa da Imprensa.

Recentemente, em 2011 é premiado como melhor intérprete pela Fundação Amália Rodrigues.