Urbanas


A 2ª edição do festival convida Urbanos/Urbanas. A ideia de Diogo Clemente, autor, guitarrista, letrista e produtor de nomes como Raquel Tavares, Maria de Fátima, Carminho e Mariza, junta uma série de fadistas, homens – Urbanos - e mulheres – Urbanas -, para um projecto que pretende exaltar o fado como género musical, movimento cultural e artístico, mas igualmente elemento constituinte e construtor das urbes, servindo com a sua energia como fluxo de relações e paixões.

O amor pelo Fado é o denominador comum que une Sara Correia, Maria Emília Reis, Teresinha Landeiro, Vanessa Alves, Tânia Oleiro, – as vozes no feminino e Zé MarIa Souto Moura, Peu Madureira, Bruno Fonseca, Diogo Rocha e Rodrigo Rebelo de Andrade – as vozes no masculino -, acompanhados pelos músicos Ângelo Freire, Diogo Clemente e Marino de Freitas. Eles, os Urbanos, actuarão no dia 19; as senhoras, no dia seguinte, dia 20 o último do Festival Caixa Alfama. O Largo das Alcaçarias servirá de palco para este abraço entre a arte e a cidade, para dois concertos que prometem.